Tecnologia do Blogger.
RSS
Post Icon

Entregamos cinco atitudes que vão te ajudar a ter um cabelo longo

Você cortou e se arrependeu? Ele jamais passa dos ombros? Sempre sonhou com uma cabeleira tipo Gisele Bündchen? Reunimos as soluções do tamanho do seu bolso para que seus fios cresçam rapidinho e você tenha o cabelo longo que sempre desejou.



Algumas atitudes do deu dia a dia podem estar dificultando o crescimento dos seus fios. Veja quais são elas e como mudar o hábito para ter um belíssimo cabelo comprido.


1. Está tomando remédio ou com os hormônios alterados?

Esses são grandes derrubadores de fios e empacadores do crescimento. Eles alteram o funcionamento dos folículos pilosos. Desconfie que é o seu caso se notou aumento de pelos, está com infecção urinária, hipo ou hipertireoidismo ou toma pílula para emagrecer.

Atitude pró-cabelo

O negócio é corrigir a situação quanto antes. E depois experimente o laser de baixa potência. "Ele aumenta a multiplicação das células da raiz e faz com que os fios permaneçam mais tempo na fase de crescimento. O cabelo ganha até 0,2 centímetro por mês", diz o tricologista Ademir Júnior, de São Paulo. São necessárias dez aplicações, ao custo médio de R$ 150* a R$ 300* cada uma.


2. Engata um regime no outro?

Está explicado por que seu cabelo não cresce: você não fornece os nutrientes nem a energia de que as células do folículo piloso precisam para produzir o fio. Quem se alimenta mal, exagera no sal e na gordura corre o risco de ficar com o cabelo fraco e suscetível à quebra.

Atitude pró-cabelo
Recheie o cardápio com aminoácidos (presentes na carne), silício (aveia) e zinco (cereais). Como esses nutrientes fazem parte da fibra capilar, a carência pode interferir no crescimento e até na espessura! Agora, se você só come correndo, o negócio é apelar para os suplementos. O Herbage nas Pontas previne a queda e deixa o fio mais forte.

3. Vive num lugar poluído, malha, é viciada em finalizadores?

A poluição, a fumaça do cigarro e o acúmulo de cosméticos alteram o couro cabeludo, e quando ele não funciona bem pode prejudicar o crescimento do fio. "A situação fica complicada quando a mulher não lava a cabeça com frequência - um péssimo hábito de quem quer fazer a escova da segunda durar até sexta-feira", diz Ademir Júnior.

Atitude pró-cabelo
Parar de fumar é essencial. Já para se livrar da poluição, uma vez por semana, use xampu antirresíduos. Como esse tipo de produto tem alto poder detergente, capriche no enxágue, e nesse dia substitua o condicionador por uma máscara hidratante.


1. K-PAK Split end Mender, Joico, R$ 136*
2. Split Remedy Ampola de Tratamento de Resgate, TRESemmé, R$ 18* (caixa com 3 unidades)
3. Xampu Reconstrução de Pontas Duplas, Dove, R$ 9*

4. Abusa de chapinha, coloração, alisamento, secador?

É tendência brincar com a textura e a cor do cabelo, mas mudar toda hora tem consequências. "O calor e a química roubam a água e a proteína dos fios", diz o cabeleireiro Eron Araújo, de São Paulo. E, secos, eles quebram!

Atitude pró-cabelo
Já que não dá para viver sem secador, prometa sempre usar um protetor térmico e manter o visual in natura pelo menos dois dias por semana. Quanto à coloração e ao alisamento, dá para continuar com eles se você aumentar o intervalo dos retoques - mas use máscaras que prolonguem o efeito das químicas, combinado?

1. Tratamento Intensivo de Reparação Pós-Química, Pantene, R$ 16*
2. Shampoo Intrarreparador Biolage Repair Inside, Matrix, R$ 28*
3. Liso Raízes Pós-Química, Garnier Fructis, R$ 10*



5. Anda estressada?

Sim, o stress mexe com o crescimento dos fios! Como ele altera o funcionamento do corpo todo, acaba impactando no ciclo dos folículos pilosos, levando até a casos graves de queda capilar.


Atitude pró-cabelo
Ataque em todas as frentes: tome suplemento nutricional, melhore a qualidade do sono e relaxe - vale namorar, dançar ou fazer duas sessões (R$ 170* cada uma) de shiatsuterapia por mês. "Pressionar pontos do couro cabeludo favorece a irrigação do folículo e faz com que o cabelo cresça mais rápido", diz a terapeuta Chris Villas Boas, do Visage Coiffeur, no Rio de Janeiro, que aprendeu a técnica com um monge chinês.

*Preços pesquisados em abril/2013

Acesso em :24/05/2013.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

0 comentários:

Postar um comentário